Notícias

[Dia do Consumidor] Regra para pagamento do cartão de crédito vai mudar. Procon dá o alerta.

Postada em 14/03/2017 às 17:30:42

Interação:

[Dia do Consumidor] Regra para pagamento do cartão de crédito vai mudar. Procon dá o alerta.
O juro do cartão de crédito ao ano chega a 484,6%. (imagem: reprodução internet)

Existe apenas um arrependimento na vida do mecânico João*, 43 anos, ter comprado no cartão de crédito. Não consegue pagar a dívida que passou de R$ 1.000,00 para R$ 8.000,00. "Fiquei desempregado, paguei o valor minímo. Tudo ficou complicado", desabafou. 

O juro do cartão de crédito ao ano chega a 484,6%. Reclamações não faltam no Procon de Laguna. Problemas relacionados com cartão alcançaram mais de 29,38%. das reclamações, seguido de protestos com eletrodromésticos e móveis. Neste dia 15 de março, lembrado como o Dia do Consumidor, o alerta do Procon é para os cuidados com o cartão de crédito.  

A partir de abril novas regras sobre o pagamento mínimo do cartão estarão valendo. O Governo limitou o crédito rotativo a 30 dias. Se o consumidor não pagar o valor restante neste prazo, o banco ou operadora do cartão estará proibido de cobrar mais uma vez as altas taxas sobre o saldo devedor. Ou o cliente ficará inadimplente ou o banco terá que oferecer ao consumidor uma opção de parcelamento desta dívida, com juros mais baixos.  

O Procon de Laguna alerta para que o consumidor permaneça atento. Apesar das taxas do parcelamento do saldo do cartão de crédito serem um pouco mais vantajosas que o financiamento do crédito rotativo, ainda são altas se comparadas com outras modalidades de crédito. "Porém, o consumidor pode se organizar e conseguir pagar a conta e liquidar de vez", explica a coordenadora do Procon de Laguna, Lúcia Maciel. 

As pessoas precisam estar atentas as finanças todo o mês e manter controle nas contas. 

Cristiane Goudinho, trabalha no ramo de secretariado, já sabe o quanto pode gastar por mês. "Não ultrapasso o limite. Tenho as contas tudo numa tabela no computador", diz ela. 

Como é hoje

Se alguém não consegue pagar a fatura no dia do vencimento, ele pode optar por pagar um valor mínimo e jogar o restante para quitar em 30 dias. Ocorre que sobre esse valor restante incidem juros altíssimos, além de encargos contratuais. Se no segundo mês, o consumidor também não consegue quitar o saldo devedor, sobre a dívida voltam a incidir as taxas altas e os encargos e assim por diante. É a cobrança de juros sobre juros do crédito rotativo. O valor cresce como uma bola de neve e dificulta o pagamento da dívida.

Como fica

As instituições financeiras tem até 3 de abril para mudar as regras de acordo com as novas diretrizes. Em concreto, o Governo limitou o crédito rotativo a 30 dias. Se o consumidor não pagar o valor restante neste prazo, o banco ou operadora do cartão estará proibido de cobrar mais uma vez as altas taxas sobre o saldo devedor.  

Ou o cliente ficará inadimplente ou o banco terá que oferecer ao consumidor uma opção de parcelamento desta dívida, com juros mais baixos. Em geral, os bancos já oferecem parcelamentos, mas só quando a dívida já virou bola de neve ou o cliente deixou de pagar. 

Dicas de segurança

1) Se você não pretende usar o seu cartão de crédito, deixe-o em casa;

2) Nunca forneça o número do seu cartão por telefone, a menos que você tenha feito a ligação por iniciativa própria e tenha certeza da identificação do destinatário da chamada;

3) Não perca o seu cartão de crédito de vista ao entregá-lo para pagamento. O terminal eletrônico tem de estar visível, e você deve acompanhar a operação. Desconfie se o cartão for passado mais de uma vez na máquina.

4) Confira os valores expressos no comprovante e se o cartão que foi devolvido é realmente o seu;

5) Sua senha é pessoal e instranferível, por isso, ninguém está autorizado a solicitá-la;

6) Sempre tenha em mãos alguns número de telefone para comunicação em caso de roubo ou extravio do cartão;

7) Se for realizar compras pela internet, use seu cartão de crédito apenas em sites confiáveis e mantenha seu antivírus sempre atualizado. Guarde os comprovantes da compra.

Procon dá o alerta

NÃO USE O CARTÃO PARA COMPLEMENTAR SUA RENDA

Cartão não serve para comprar o que o seu salário não pode pagar: é um empréstimo, como qualquer outro. Procure não comprometer mais que 30% da renda, e não faça compras que atrapalhem seus objetivos financeiros - aquelas prioridades, que você definiu sozinho ou em família. 

COMPRE DEPOIS DO FECHAMENTO DA FATURA

Se informe com a operadora sobre qual a data em que a sua fatura é fechada. Em geral são cinco dias antes do vencimento. Caso faça a compra neste período, o valor só irá aparecer na fatura do próximo mês.

Onde fica o Procon em Laguna ?

Na rua Osvaldo Cabral, no Centro Administrativo Municipal, no primeiro andar. Aberto das 13h às 19h. Telefone 3646-0833. 

(* nome fictício)

 

 

 

Imagens da matéria

>> Visualizar imagens para download

Mais notícias