Notícias

[Social] Projeto "Sesc Comunidade" oferece serviços gratuitos à população lagunense

Postada em 19/05/2017 às 18:05:46

Interação:

[Social] Projeto
O projeto propõe a construção de um espaço, onde serão promovidas atividades sócioeducativas e culturais para as comunidades, de forma totalmente gratuita, em parceria com prefeitura e organizações sociais.

Com a proposta de democratizar o acesso ao esporte e lazer, promovendo o exercício da cidadania, solidariedade e inclusão social, o Sesc e a Prefeitura de Laguna se reuniram na tarde desta sexta-feira (19), com representantes da comunidade, associações e conselhos do município para apresentar e discutir a proposta da implantação do programa "Sesc Comunidade" em Laguna.

De acordo com o gerente da Unidade do Sesc, José Eduardo F. de Oliveira o projeto propõe a construção de um espaço, onde serão promovidas atividades sócioeducativas e culturais para as comunidades, de forma totalmente gratuita, em parceria com prefeitura e organizações sociais. "A intenção é dar a oportunidade da prática do esporte e lazer à toda a comunidade em situação de vulnerabilidade social", salienta.

O projeto será financiado pelo SESC que em troca da cessão de uso do terreno (antigo Centro Social Urbano), no bairro Progresso, se propõe a construir um ginásio poliesportivo coberto, um campo de futebol com grama sintética, várias salas (reuniões, depósito, administração, vestiários e sanitários), playground e academia da terceira idade.

"As instalações serão abertas à população lagunense. A prefeitura nos disponibilizaria profissionais para a dinamização de programação diversificada, além do desenvolvimento de ações. E ainda, contribuir com a divulgação", explica o gerente do SESC. "Este programa tem uma repercussão muito positiva nas cidades que já se instalou, a exemplo de Joinville, Palhoça e São José. E a programação é elaborada a partir de um diagnóstico social, que identifica carências da região e iniciativas locais", explica José Eduardo.

Segundo o prefeito Mauro Candemil o projeto vem de encontro com o que ele propõe para a cidade desde o início do seu mandato: Desenvolvimento. "Laguna hoje está entre as cidades menos desenvolvidas do estado. Vejo esta proposta como um norte para ampliar o acesso das comunidades às práticas esportivas, atividades culturais, capacitação de lideranças e incentivo ao trabalho voluntário", salienta.

Estavam presentes no encontro desta sexta-feira (19), representantes do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), Conselho Tutelar, CDM (Conselho de Desenvolvimento Municipal), ADR, Acustra (Associação  Cultural, Social e Terapêutica da Região da Amurel), o juiz da Vara Criminal, Renato Muller Bratti, o presidente da Câmara de Vereadores, Cleosmar Fernandes, os vereadores Luiz Otavio Pereira e Nádia Tasso Lima, além da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico e Social, Silvânia Cappua Barbosa, a secretária de Educação e Esporte, Karmensita A. da Rocha Cardoso, a secretária de Assistência Social e Habitação, Fátima Figueiredo Duarte, o procurador geral do município, Dr. Antônio Luiz dos Reis, o assessor de gabinete, Anselmo Fábio de Moraes, além de servidores do município.

Ficou definido entre todos os participantes a liberação do andamento do projeto. De acordo com a secretária de Planejamento do município, a área que corresponde cerca de 14 mil metros quadrados irá englobar além do espaço para o SESC, o Creas, uma creche e a Acustra "Vou me reunir com todos e definir o projeto que agregue e esteja dentro das solicitações de cada associação. Me coloco inclusive a disposição para criar o projeto da Acustra (entidade que atende crianças em vulnerabilidade social)", enfatizou.

 
 

Fabiana Pangrácio
Jornalista - SC 3895 JP 

Imagens da matéria

>> Visualizar imagens para download

Mais notícias