Notícias

[Acesso Norte] Projeto é discutido com técnicos e Secretaria de Infraestrutura do Estado

Postada em 10/07/2017 às 14:54:25

Interação:

[Acesso Norte] Projeto é discutido com técnicos e Secretaria de Infraestrutura do Estado
Durante a visita, técnicos acompanhados do secretário de Infraestrutura avaliaram a extensão do local. (Imagem: Decom)

Importante obra aguardada pelos lagunenses, o Acesso Norte via Barbacena foi tema de reunião na manhã desta segunda-feira (10) em Laguna entre o prefeito Mauro Candemil, o secretário de Infraestrutura, Luiz Fernando Cardoso (Vampiro), o secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Laguna, Luiz Felipe Remor e técnicos.

O projeto da obra, que já está 75% concluído, embarga em um item: o trecho que passa sobre a estrada de ferro. "A ideia é que seja construído sobre o atual traçado existente, mas a ferrovia exige um viaduto. Essa opção encarece e muito o valor da obra”, explica Mauro. Para este assunto será feita uma discussão técnica entre o Deinfra e a Ferrovia.

Durante a visita, técnicos acompanhados do secretário de Infraestrutura avaliaram a extensão do local. “A proposta inicial é que a obra leve dois anos, pois o vice-governador, Eduardo Moreira sempre se mostrou interessado em inaugurar a obra em 2018. É difícil, mas nada impossível”, salienta Candemil.

O secretário de Infraestrutura, Luiz Fernando Cardoso (Vampiro) afirma que está analisando alternativas em conjunto com as lideranças para viabilizar esta importante reivindicação dos lagunenses.

O acesso

O Acesso Norte terá cinco quilômetros de extensão, da avenida João Marronzinho até a BR-101 e servirá de segunda rota de saída e entrada da cidade, aliviando o fluxo de veículos que hoje se concentra na avenida Calistrato Müller Salles. 

O projeto compreende duas pistas e uma ciclovia, que ao todo devem custar cerca de R$ 10 milhões. Não há prazos para o início das obras, já que ainda faltam a definição do projeto, as licenças ambientais, a licitação e indenizações, entre outras etapas. O Poder Executivo pretende obter os recursos financeiros para a obra pelo Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam 2). 

 

Imagens da matéria

>> Visualizar imagens para download

Mais notícias