---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saude
Reunião discute medidas mais restritivas para o combate ao Coronavírus em Laguna

Publicado em 24/06/2020 às 18:08 - Atualizado em 24/06/2020 às 18:09

Os últimos finais de semana têm reunido grande número de turistas e visitantes em Laguna, gerando aglomeração em pontos turísticos, praias, restaurantes, bares e lanchonetes. Por esses motivos e também pelo aumento no número de pessoas confirmadas com COVID-19 na cidade, o Governo Municipal reuniu-se nesta quarta-feira, dia 24, com representantes do Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil , Guarda Municipal, Vigilância Sanitária, Procuradoria Municipal, Comitê Emergência de Crise, ACIL, CDL e Sindilojas, para definir um decreto com medidas mais restritivas.

 


O Governo do Estado deliberou que os assuntos e restrições serão tratadas de forma regional, sendo assim, o esboço no novo decreto deverá seguir a recomendação técnica da Vigilância Sanitária do Município, e será apresentado em reunião com os Prefeitos da Amurel, nesta quinta-feira, dia 25.

 


" Estamos preocupados com o aumento do número de casos na região e as aglomerações contantes em praias, pontos turísticos e estabelecimentos comerciais. Não queremos prejudicar nenhum tipo de comércio, mas também não podemos continuar como está. Estamos em uma pandemia e não momento de lazer. " alerta o Prefeito Mauro Candemil

 

Serão estabelecidos perímetros sanitários, obstáculos fisícos e programação de fiscalização juntamente com as autoridades competentes. 

 

Novas medidas levantadas em reunião e que serão apresentadas :

 

Praias, praças e demais pontos turísticos:

- Fechamento total no acesso a esses locais nos finais de semana e restrições em dias de semana.

 

Bares, lanchonetes e restaurantes:

- Liberação com restrição de dias e horários, bem como com limitação de consumidores.

 

Mercados e supermercados:

- Liberação com número ainda mais reduzidos de clientes (um consumidor a cada 16 metros) e limite máximo de funcionamento até às 22h

 

Salões de beleza e atividades afins:

- Liberação com limitação ainda maior no número de pessoas, sendo autorizado somente com horário marcado e respeitando o intervalo de 15 minutos entre um cliente e outro para higienização do local.

 

Locais de atividades físicas (academias e afins):

- Liberação com número reduzido (uma pessoa a cada 25 metros quadrados), com horários agendados e com intervalo de 15 minutos entre um cliente e outro para higienização do local.

 

Atividade esportiva amadora:

- Deve ser proibida a atividade esportiva que não seja profissional. Recentemente o Governo do Estado liberou atividade esportiva profissional, pois os clubes, agremiações ou outras classes, podem garantir através de seus respectivos departamentos médicos, testagem e controle dos atletas ligados diretamente a estes, o que não ocorreria na prática amadora.

 

Transporte Aquaviário (Balsa):

- Não pode ser fechado, pois é o meio de deslocamento de moradores da região da ilha ao município. Poderá ser organizado com mais restrições.

 

Eventos e shows musicais:

- Proibidos (mesmo quando for um único músico). Segundo o relatório da Vigilância Sanitária esta proibição se faz necessária pois a atração em questão nada mais é, do que mecanismo para atrair público para o estabelecimento e consequentemente, aglomeração de pessoas.