---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saúde
Campanha de vacinação contra poliomielite e sarampo começa no dia 6 de agosto

Publicado em 02/08/2018 às 10:59 - Atualizado em 03/08/2018 às 13:23

O Ministério da Saúde, junto com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, realizará, no período de 6 a 31 de agosto de 2018, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo, sendo 18 de agosto (Dia “D”) de mobilização nacional, onde todos os postos de saúde estarão abertos, das 8h às 17h.

 

A campanha é destinada para crianças com idade entre 1 ano e menor de 5 anos. Em Laguna o público alvo corresponde a aproximadamente 1250 crianças nessa faixa etária (dados ainda em processo de atualização). “Trabalharemos com lista nominal das crianças, para facilitar a busca ativa dos faltosos. Nossa intenção é obter cobertura vacinal o mais próximo de 100%. Também contaremos com a parceria do Rotary Club, na logística de divulgação da campanha”, explica o coordenador da vacinação no município, Fernando Di Frank.

 

Essas estratégias têm como objetivo manter elevada a cobertura vacinal contra a poliomielite nos municípios, visando evitar a reintrodução do vírus selvagem da poliomielite, bem como vacinar os menores de cinco anos de idade contra o sarampo e a rubéola.

 

As vacinas estarão disponibilizadas nas seguintes unidades de saúde:

 

UBS Cabeçuda,

UBS Esperança,

UBS Magalhães,

UBS Mar Grosso,

UBS Passagem da Barra

Unidade Sanitária Central

 

Mais postos de saúde poderão vacinar:

De acordo com o coordenador da vacinação no município, Fernando Di Frank, está sendo organizada a logística com o objetivo de disponibilizar o atendimento também nas unidades de saúde de Caputera e Ribeirão.

 

Saiba mais:

POLIOMIELITE (PARALISIA INFANTIL)

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro de paralisia flácida, de início súbito.

A transmissão ocorre por contato direto pessoa a pessoa, pela via fecal-oral (mais frequentemente), por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de doentes ou portadores, ou pela via oral-oral, através de gotículas de secreções da orofaringe (ao falar, tossir ou espirrar). A falta de saneamento, as más condições habitacionais e a higiene pessoal precária constituem fatores que favorecem a transmissão do poliovírus.

O último caso de poliomielite no Brasil ocorreu em 1989 e, desde 1990, não são registrados casos da doença, que é grave e foi responsável por danos irreversíveis em milhares de crianças no mundo.

 

SARAMPO

O sarampo é uma doença infecciosa exantemática aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir para complicações e óbito, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade.

A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, no período de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema até quatro dias após.

Apesar dos esforços empreendidos desde o início do programa de eliminação da doença, nos últimos anos, casos de sarampo têm sido reportados em várias partes do mundo e, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), muitos países permanecem endêmicos para o sarampo, principalmente aqueles com baixa cobertura vacinal e bolsões de não vacinados.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar