---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

pesca
Surfistas em alerta com a temporada de pesca da tainha no Farol de Santa Marta

Publicado em 07/05/2019 às 15:39 - Atualizado em 07/05/2019 às 15:42

Até o início de julho, os pescadores e surfistas estarão em busca de dias típicos de vento sul nas praias da região, uns em busca de boas ondas, outros da tainha. No Farol da Santa Marta, na Prainha, placas foram fixadas informando sobre a pesca artesanal. Eles pedem que não aconteça a prática do tow-in (surfe em ondas grandes) na região, pois os barulhos e os movimentos do jet ski podem afastar os cardumes de peixes, costumam se abrigar próximo à Ilhota da praia do Cardoso e da Cigana em dias de mar grande.

 

Mais de 100 famílias estão envolvidas com a pratica da captura do peixe.

 

Na maioria das praias do extremo sul catarinenses não há muita restrição quanto ao surf durante a temporada de pesca, porém, é aconselhável que os surfistas sempre observem se há algum grupo de pescadores procedendo com o cerco e não devem entrar na água.

 

A Associação de Surf e Tow-in do Farol de Santa Marta e pescadores do Farol Santa Marta divulgou nota com o objetivo de manter o bom relacionamento e parceria.

 

Também é aconselhável perguntar aos pescadores locais sobre como funciona o regramento do surfe no local durante a temporada de pesca.


O Farol de Santa Marta é uma das regiões onde a convivência entre surfistas e pescadores é uma das mais harmônicas do Estado.

 

Cerco da tainha

 

O pescador Adinho Santiago explica sobre o cerco do peixe, onde com rede e barcos o cardume da tainha é rodeado e capturado, com tempo de espera grande.

 

"É uma atividade que já acontece há muitas gerações no Farol de Santa Marta, Durante este período é proibida a prática do surfe na prainha do Farol, e com restrições na praia do Cardoso e da Cigana, onde, caso os pescadores estiverem realizando o cerco, os surfistas devem sair da água e aguardar o término da atividade para entrar novamente", explica.

 

Nas outras praias do cabo de Santa Marta, os surfistas devem ficar em alerta com os pescadores no mar no trabalho do cerco da tainha.

 

Ainda conforme Santiago “não há como proibir a prática do surfe na Praia do Cardoso e da Cigana durante o inverno, pois grande parte das famílias da região obtêm sustento por meio do turismo também, e os surfistas são quem movimentam o turismo durante o inverno (baixa temporada), locando casas, alimentando-se em restaurantes e comprando nos mercados e lojas".

 


Uso do jet ski afugenta os peixes

 

Como durante na temporada da pesca os pescadores possuem a preferência de uso da praia.

 

A Associação de Surf e Tow-in do Farol de Santa Marta apoia a decisão dos pescadores de proibir a atividade durante a temporada de pesca e irá auxiliar na fiscalização da decisão.

 

Somente será autorizará a permanência de jet ski na beira da praia (ou no inside) para a salvaguarda dos surfistas, sendo utilizado para casos de resgate como o de rompimento de cordinha, quebra de prancha, mal súbito, etc. Em casos de mar extremo, sem canal, o jet ski ainda poderá auxiliar o surfista a não ser levado pela corrente que conduz para trás da Ilhota.

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar