---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

defesacivil
Previsão do tempo: Semana será de chuva na região

Publicado em 27/05/2019 às 14:45 - Atualizado em 27/05/2019 às 14:48


Créditos: Gecom PML Baixar Imagem

Depois das fortes chuvas que trouxeram estragos em toda região Sul do estado, o Governo Municipal, com equipes em todos os pontos mais afetados seguem nas ruas atuando na recuperação de vias e no suporte às famílias. Marinha, Exército, Secretaria de Obras, além de outros órgãos do município seguem com as ações por toda a cidade.

 

Segundo dados pluviométricos da Defesa Civil, foram ao todo 270 milímetros de água em Laguna, onde a região do distrito de Ribeirão Pequeno foi a mais afetada. Para o mês de maio eram esperados em média 80 milímetros.

 

A previsão do tempo para o começo de semana indica mais chuva para a região. De acordo com a Epagri/Ciram, para o litoral os valores de chuva devem variar de 20 a 40 mm, com a passagem de uma frente fria. Os totais elevados também serão registrados na quinta e sábado, principalmente no Oeste e Sul do estado.

 

No último sábado O prefeito Mauro Candemil assinou o decreto de situação de emergência, com o objetivo de facilitar as ações nas áreas atingidas.

 

Caso necessite de algum atendimento, a Defesa Civil de Laguna atende nos telefones 99931-1697 - 99931-1705 - 98405-6990, 193 dos Bombeiros ou 190 da PM.

 

AVISO METEOROLÓGICO - EPAGRI/CIRAM

 

Chuva e temporal isolado

Início: 28/05/2019 às 00:00 h

Fim: 28/05/2019 às 18:00 h

Região: Oeste, Meio-Oeste e Planalto Sul.

Previsão:  chuva com acumulado de 40 a 60 mm e temporal isolado (Oeste, Meio-Oeste e Planalto Sul). Para o Litoral e norte do Estado, os valores de chuva devem variar de 20 a 40 mm.

Sistema: passagem de uma frente fria por SC.

 

Acompanhe a previsão do tempo

 

 

Segunda-feira (27/05):

Tempo: aberturas de sol com aumento de nuvens em SC. Do Oeste ao Litoral Sul, condição de chuva no decorrer do dia, principalmente no Oeste com risco de temporal isolado.

Temperatura:  em elevação.

Vento: nordeste a noroeste, fraco a moderado.

Sistema: baixa pressão no Paraguai estendendo-se com um cavado entre RS e SC.

 

Terça-feira (28/05):

Tempo: instável com chuva em todas as regiões, no decorrer do dia. Volumes mais elevados especialmente no Oeste, Meio-Oeste e Planalto Sul.

Temperatura:  diminui um pouco.

Vento: nordeste a sul, fraco a moderado, com rajadas.

Sistema: passagem de uma frente fria por SC.

 

Quarta-feira (29/05):

Tempo: variação de nuvens com aberturas de sol no decorrer do dia, na maioria das regiões de SC. No Planalto Norte e Litoral Norte, chuva fraca na madrugada. No Oeste e Meio-Oeste, condição de chuva à noite.

Temperatura:  amena.

Vento: sudeste a nordeste, fraco a moderado.

 

Quinta-feira (30/05):

Tempo: muitas nuvens a encoberto com chuva em SC, devido a presença de uma baixa pressão. Volumes mais elevados previstos do Oeste ao Litoral Sul.

Temperatura:  baixa.

Vento: nordeste/noroeste a sudeste, fraco a moderado com rajadas.

Sexta-feira (31/05):

Tempo: muitas nuvens e chuva especialmente na madrugada e manhã, com melhora no decorrer do dia.

Temperatura:  em pequena elevação.

Vento: nordeste a sul, fraco a moderado com rajadas.

 

Recomendações da Defesa Civil

 

Tempestades: Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Se estiver na praia, jamais fique na água. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade!

 

Enxurradas: Não fique próximo às margens de rios e ribeirões, principalmente em regiões de relevo acentuado, montanhoso e pequenos vales, pois muitas vezes há temporais intensos sobre os topos e cabeceiras, gerando repentinamente grande quantidade de água num curto espaço de tempo. Este tipo de evento adverso apresenta grande poder destrutivo, podendo arrastar veículos, pessoas, animais e mobílias por vários quilômetros. A força das águas pode ainda provocar o rolamento de blocos de pedras, arrancar árvores, destruir edificações e causar deslizamentos de terra nas margens.

 

Alagamentos: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.