---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

cultura
Encontro para tirar dúvidas sobre edital do Mercado Público

Publicado em 01/10/2019 às 16:55 - Atualizado em 01/10/2019 às 17:03

Representantes da Acil e Sincaval estiveram reunidos no Iphan para tirar dúvidas sobre o edital de concessão dos boxs do Mercado Público. A obra de revitalização está sendo concluída. O edital deverá ser divulgado nas próximas semanas.

 

 

Participaram da reunião a representante do Iphan, Ana Paula Citadin; presidente da Fundação Lagunense de Cultura, Mirella Honoratto; secretária de Planejamento Urbano, Silvania Cappua, procurador do município, Antônio dos Reis; da Sincaval, Natanael Wisintaner e Pedro David, da Acil.

 

 

A inauguração do novo mercado público deverá ocorrer na primeira semana de dezembro deste ano. A arquiteta do Iphan, Ana Paula Citadin, que acompanha a obra desde o período de projetos em 2009, explica "o uso tradicional do espaço do Mercado Público é um dos objetivos que constam no projeto, aprovado pelo BNDES".

 

O procurador do município Antônio dos Reis "todas as sugestões são bem-vindas", disse. Este foi o segundo encontro promovido entre Governo Municipal, Iphan, Acil e Sincaval. 

 

 

Sem perder as características de um mercado público, o Governo Municipal e o Iphan definiram o uso dos 24 boxs do Mercado Público. A etapa agora é com o valor da concessão de cada unidade e do aluguel. Os preços e os tamanhos dos boxs serão diferenciados.

 

 

Segundo a secretária de Planejamento Urbano, Silvania Cappua, o orçamento do edital de licitação está sendo concluído.

 

 

 A identidade visual do novo Mercado Público vem sendo elaborado pela Gerência de Comunicação do município.

 

 

 Distribuição

 

Na parte superior terá um restaurante com deck.

 

No piso inferior os espaços foram divididos em bares, empórios, cerveja artesanal, sorveteria, cafeteria, armazém para produtos orgânicos, cestaria, verdureira, padaria artesanal, tabacaria, floricultura, souvenir, restaurante saudável, peixaria, açougue e feira de hortifrutigranjeiros.

 

 O prefeito Mauro Candemil espera entregar o prédio revitalizado em dezembro. Para ele, a cidade vai ter um atrativo turístico diversificado.

 

 A obra foi orçada em R$ 5.667.898,74, recursos do BNDES, através da lei Rouanet e do Governo Municipal.

 

 

Saiba mais: 

https://www.laguna.sc.gov.br/noticias/index/ver/codMapaItem/16507/codNoticia/577138