---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

obras
Meios fios de concreto em trecho do asfalto na estrada Bananal até o Parobé

Publicado em 08/01/2020 às 17:18 - Atualizado em 08/01/2020 às 18:04

Os meios fios construídos na rodovia Municipal João Batista Wendhausen, no trecho do Parobé ao Bananal, em determinados casos, foram erguidos para não ocorrer a desagregação de material da base do asfalto, por isso a colocação de meios fios em concreto no asfalto. 

 

O Governo Municipal, no ano passado, solicitou retificações na obra.

 

Nos meios fios construídos em algumas partes da obra de pavimentação do Parobé, são depositados material para que forme um talude natural, mais espesso dando sustentação à pista.

 

Em alguns pontos foram feitos meio fio extrusado (em concreto) colocando duas barras de aço e ancorando o meio fio no asfalto construído, para estrutura de contenção de chuvas e não danifique os mini-taludes, que a estrutura fique uniforme não correndo o risco de desabar por falta de apoio traseiro (o que não houve no primeiro trecho da rodovia), esse tipo de meio fio (extrusado) permite que não seja feita a quebra do bordo do asfalto, para que se faça o acabamento em concreto, posteriormente, (como ocorreu no primeiro trecho, da Confer).

 

 

No total, o asfalto tem 7,5 km entre Bananal até o Parobé, na ponte da Madre.

 

 

Obra

 

 

Primeiro trecho - Bananal até Ponta do Daniel

 

- 4,8 quilômetros

 

- valor de R$ 3.907.756,79 milhões do Estado e contrapartida do Governo Municipal de R$ 366.437,17.

 

 

 

 

Segundo trecho - Ponta do Daniel - Parobé

 

- 2,3 km

 

- valor de R$ 1.544.411,29

 

 

 

Terceiro trecho - Parobé - Ponte da Madre

 

 

- 465 metros

 

- aditivo R$ 37.965,22