---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saude
Laguna tem primeiro caso confirmado de contaminação pelo Coronavírus

Publicado em 17/03/2020 às 17:27 - Atualizado em 24/03/2020 às 00:42

A Secretaria Municipal de Saúde informou hoje (23) o resultado negativo de seis casos suspeitos de pacientes contaminados pelo Coronavírus, mas um caso foi confirmado, o primeiro registro de contaminação pelo Coronavírus na cidade.

 

Desde quinta-feira (19) está funcionando na entrada lateral da Unidade de Saúde do Progresso,  o Centro de Triagem do Coronavírus. No final de semana, os atendimentos serão somente no Hospital Senhor Bom Jesus dos Passos.

 

Uma equipe está atendendo pacientes que tenham sintomas respiratórios. “Favor encaminharem para lá quem apresenta sintomas. O local vai atender somente pessoas com problemas das vias aéreas”, explica a Secretária de Saúde, Valéria Olivier.

 

Contatos da Vigilância Epidemiológica:

 

Plantão final de semana: (48)99660-0472 (7h às 19h)

Durante a semana: (48) 3644-2378 / (48)99660-0472 (7h às 19h)

 

Entenda o andamento das ações no município:

A Secretaria Municipal de Saúde realizou na última sexta-feira (13) uma reunião com representantes do Hospital Senhor Bom Jesus dos Passos, Procuradoria Municipal, Conselho Municipal de Saúde, e todos os coordenadores de setores como Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária, Unidades Básicas de Saúde, Imunização, SAMU e Transporte, para definir estratégias de prevenção à disseminação do novo Coronavírus (Covid-19) em Laguna.

 

Baseados em orientações e portarias do Ministério da Saúde, o município deve se preparar para evitar a propagação do vírus. “Sabemos de pessoas que vieram da Europa para Laguna e nossa responsabilidade é alinhar estratégias de prevenção para que o coronavírus não se propague”, disse a Secretária de Saúde, Valéria Olivier.

 

 A primeira medida que está sendo tomada é o credenciamento junto ao Ministério da Saúde do Posto de Saúde do Progresso como Unidade de acolhimento de portadores de pacientes com sintomas de gripe. Desta forma, o local será usada como unidade referência em atendimento aos pacientes com sintomas de contaminação.

 

Todos os pacientes com problemas respiratórios ou sintomas de coronavírus serão previamente direcionados para esta unidade referência, que terá uma equipe treinada especificamente para este atendimento.

 

O objetivo é evitar a contaminação cruzada com pacientes, que não possuem os sintomas, em outras unidades de saúde e também no hospital.

 

Somente serão encaminhados ao hospital do município os casos graves. Os casos leves deverão ser encaminhados para tratamento domiciliar, com período de quarentena, sob orientação e vigilância da unidade de saúde do bairro.

 

De acordo com a portaria do Ministério da Saúde (n⁰356, 11 de março de 2020) a responsabilidade de atendimento de casos suspeitos deverão ser realizados nas unidades básicas de saúde.

 

Contratação de novos profissionais de emergência

 

Segundo a Secretária de Saúde, Valéria Olivier, deverá ser realizada a contratação emergencial de uma equipe médica e de enfermagem para reforçar o trabalho de prevenção e tratamento dos casos de coronavírus que surgirem no município.

 

A divulgação e contratação será acompanhada pela procuradoria jurídica do município.

 

Evite procurar o hospital

 

A recomendação é que as pessoas evitem buscar do hospital ao apresentarem sintomas, pois poderá gerar a propagação ainda mais rápida do vírus. Somente casos graves devem ser encaminhados ao hospital.

 

Busque informações na sua unidade de saúde.

 

Aplicativo Coronavírus SUS

 

O Ministério da Saúde está divulgando o novo aplicativo Coronavírus – SUS, disponível nos sistemas operacionais iOS (para iPhone e iPad) e Android.

 

O aplicativo é bastante claro e didático e explica o que são coronavírus. Fala de sintomas, de como o novo vírus é transmitido e como se prevenir. Também comenta sobre o uso da máscara, e explica como é feito o diagnóstico e como funciona a vigilância e a notificação de casos no Brasil.

 

Lá é possível encontrar todas as informações oficiais sobre o Coronavírus em todo país.

 

Profissionais de serviços gerais

 

A Vigilância Sanitária do município deverá realizar um treinamento específico para todos os profissionais de serviços gerais que atuam em postos de saúde, escolas e locais públicos quanto ao reforço na higienização e limpeza.

 

Saiba mais sobre o Coronavírus

 

Histórico da Doença

 

O Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (nCoV-2019) foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Os primeiros coronavírus humanos foram identificados em meados da década de 1960. A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

 

O Novo Coronavírus, chamado de novo coronavírus - nCoV-2019, foi descoberto no fim de dezembro de 2019 após ter casos registrados na China. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), são 14,5 mil casos registrados em 18 países, com 305 mortes, o que mobilizou organismos internacionais e a comunidade científica na busca por respostas sobre prevenção, transmissão e tratamento desse novo tipo de coronavírus.

 

Sintomas

 

Os sintomas mais comuns entre os pacientes hospitalizados foram febre, tosse e falta de ar. Dores musculares e de cabeça, bem como confusão mental, irritação na garganta e desconforto no peito também foram observados.

 

Medidas de Prevenção

 

Lavar as mãos com água e sabão com frequência

 

Evitar tocar os olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas

 

Evitar contato próximo com pessoas doentes

 

Ficar em casa quando estiver doente

 

Cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo

 

Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência

 

O consumo de produtos de origem animal crua ou mal cozida deve ser evitado. Carne crua, leite ou órgãos de animais devem ser manuseados com cuidado, para evitar a contaminação cruzada com alimentos não cozidos, conforme boas práticas de segurança alimentar.

 

Formas de Transmissão

 

O novo coronavírus é capaz de infectar humanos e pode ser transmitido de pessoa a pessoa por gotículas respiratórias, por meio de tosse ou espirro, pelo toque ou aperto de mão ou pelo contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido então de contato com a boca, nariz ou olhos.

 

Casos Suspeitos

 

O Ministério da Saúde ampliou os critérios para definição de caso suspeito para o novo coronavírus. Agora, também estão enquadradas dentro desta definição as pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar, e vierem dos países monitorados pelo Governo Federal.

 

Além disso, também podem ser considerados casos suspeitos os das pessoas que tenham histórico de contato próximo com alguém que esteja com suspeita da doença e também tenham tido contato próximo com caso confirmado do novo coronavírus.

 

Ao apresentar essas características, o paciente deve procurar a unidade de saúde mais próxima de casa e relatar os sintomas e histórico de viagem ou contato próximo com pessoa que esteve na China nos últimos 14 dias ao profissional de saúde.

 

De acordo com o Ministério da Saúde, se confirmada a suspeita, o profissional de saúde dará início às medidas previstas no plano de contingência para atendimento de caso suspeito do novo coronavírus, como colocação de máscara cirúrgica no paciente para evitar a transmissão da doença, além de isolamento deste na unidade de saúde.