---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saude
Secretaria de Saúde faz alerta para evitar contaminação pelo Coronavírus

Publicado em 27/02/2020 às 16:09 - Atualizado em 27/02/2020 às 16:52

O Ministério da Saúde confirmou, nesta quarta-feira (26/2), o primeiro caso de novo coronavírus em São Paulo. O homem de 61 anos deu entrada no Hospital Israelita Albert Einstein, nesta terça-feira (25/2), com histórico de viagem para Itália. A Secretaria Municipal de Saúde vem alertar moradores e visitantes para prevenção e cuidados básicos em caso de viagens internacionais ou circulação por outros estados brasileiros.

 

Ao confirmar o primeiro caso no país, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reforçou que já era esperada a circulação do vírus, mas que, diferente dos demais países com transmissão, o Brasil ainda não está no inverno – período em que há maior risco de contágio. “É mais um tipo de gripe que a humanidade vai ter que atravessar. Das gripes históricas com letalidade maior, o coronavírus se comporta à menor e tem transmissibilidade similar a determinada gripes que a humanidade já superou”, explicou.

 

Para evitar contaminação, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar álcool 70 nas mãos sempre que puder após lavar, usar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

 

Dados da organização mundial de saúde (OMS) indicam que 80% dos casos são leves e apresentam sintomas parecidos com o da gripe comum. Crianças não são, até o momento, vítimas do COVID-19. Idosos com doenças crônicas, porém, são os mais afetados.

 

Sintomas:

Febre, cansaço, tosse seca, dores, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta e diarréia.

 

Quando procurar um médico?

De acordo com o boletim informativo do Hospital Albert Einstein caso apresente os sintomas ou, mesmo sem apresentá-los, se esteve ou teve contato com alguém que esteve há menos de 14 dias nos países: China, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Alemanha, Austrália, Camboja, Emirados Árabes, Itália, Filipinas, França, Irã, Japão, Tailândia, Vietnã e Singapura.

 

Importante: mesmo sem os sintomas é necessário avisar o seu médico.

 

Como ocorre a contaminação:

Por gotículas respiratórias (aproximadamente dois minutos) com alguém com os sintomas ou contato direto com as secreções sem proteção.

Fonte: Ministério da Saúde e Hospital Israelita Albert Einstein