Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

COVID-19
Secretaria de Saúde inicia cadastro de doentes crônicos

Publicado em 03/05/2021 às 18:08 - Atualizado em 05/05/2021 às 13:52

Iniciou nesta semana, o cadastramento online para pessoas entre 18 a 59 anos com comorbidades (doenças crônicas) se registrarem no site da prefeitura para serem vacinadas contra a Covid-19.

 

Cadastro clique aqui

 

Embora ainda não haja data definida para início da imunização desse público, a medida da secretaria tem por objetivo elaborar estratégias para não desperdiçar doses e realizar um trabalho eficiente no atendimento às pessoas desse grupo

 

A Secretaria Municipal de Saúde destaca que o andamento do cronograma de vacinação em Laguna, depende do quantitativo de vacinas que o município recebe do Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Saúde do Estado deSanta Catarina.

 

É importante esclarecer que as etapas também são seguidas de acordo o que determina o Plano Nacional de Imunização.

 

 

Doenças crônicas no cadastro

 

 

SÍNDROME DE DOWN

 

GESTANTE COM DOENÇA CRÔNICA

 

HIPERTENSO GRAU III

 

DOENÇA NEUROLÓGICA INCAPACITANTE

 

OBESIDADE IMC ACIMA DE 40

 

PESSOA COM DEFICIÊNCIA

 

DOENÇA RENAL

 

DIABETES

 

TRANSPLANTADO

 

PNEUMOPATIAS (COM USO DE MEDICAÇÃO)

 

CARDIOPATAS

 

DOENÇAS IMUNOSUPRESSORAS

 

CIRROSE HEPÁTICA

 

 

Vacinação de comorbidades

 

Primeira fase

 

Pessoas com Síndrome de Down, independente da idade (18 a 59 anos);

Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), independente da idade (18 a 59 anos);

Pessoas transplantadas de órgão sólido ou de medula óssea, independente da idade (18 a 59 anos);


Gestantes e puérperas com comorbidades*, independente da idade (maiores de 18 anos);


Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), independente da idade (18 a 59 anos);


Pessoas com Comorbidades* e Deficiência Permanente de 55 a 59 anos;

 

 

Segunda fase

 

Pessoas com Deficiência Permanente e Gestantes e Puérperas, independentemente de condições pré-existentes considerando os seguintes critérios de priorização por faixa etária, de forma escalonada da maior para a menor idade, de acordo com os seguintes grupos:


54 a 50 anos;


49 a 45 anos;


44 a 40 anos;


39 a 35 anos;


34 a 30 anos;


29 a 18 anos.

 

“Para a comprovação da condição de risco, as pessoas com comorbidades podem apresentar qualquer comprovante que demonstre que ela pertence a um dos grupos de risco como exames, receitas, relatórios e prescrições médicas. Os cadastros já existentes dentro das Unidades de Saúde também podem ser utilizados”, explica a gerente de imunização da Diretoria Estadual de Vigilância Epidemiológica (Dive), Arieli Fialho.