Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saude
Vacinômetro: Mais de 12 mil pessoas já se vacinaram contra a Covid-19

Publicado em 03/05/2021 às 17:39 - Atualizado em 03/05/2021 às 17:43

A campanha de vacinação contra a Covid-19 não param no município. Até esta sexta-feira (30), 7.765 mil pessoas dos grupos prioritários, com as primeiras doses da vacina Coronavac/Butantan e Astrazeneca/Fio Cruz. A segunda dose soma 4.781 mil. 

 

Totalizando 12.546 doses aplicadas entre trabalhadores da Saúde, profissionais das forças de segurança e idosos de 90 até 60 anos.

 

Os dados são de acordo com o vacinômetro divulgado pelo governo municipal, por meio da Secretaria de Saúde. O objetivo da pasta é dar mais transparência nas informações de quantas doses estão sendo recebidas e o andamento das aplicações. 

  

Sobre as diferenças entre primeira e segunda dose a coordenadora do setor de Imunização da Secretaria de Saúde, Rosimari Rodriguês, explica "a diferença entre a primeira dose e segunda dose entre determinados grupos é decorrente do prazo de cada laboratório, do Butantan são até 28 dias, da Fio Cruz são até três meses”, salienta.

 

 

O sistema imune demora, em média, 14 dias após a aplicação da segunda dose da vacina para produção de anticorpos.

 

 

Os cuidados devem permanecer como o uso de máscaras, álcool em gel e evitar aglomerações.

 

 

Mesmo protegida dos sintomas, uma pessoa imunizada ainda pode transmitir a infecção. A vacina é, principalmente, para combater o agravamento da doença.

 

 

Toda vacina implica numa redução de transmissão, mas o combate efetivo ao vírus passa pela manutenção dos cuidados básicos até que a quantidade de pessoas vacinadas seja suficientemente grande.

 

 

Aglomerações também devem ser evitadas.

 

 

O Governo Federal está encaminhando as vacinas para Laguna, de acordo com dados das últimas campanhas de vacinação contra a gripe, média de 18 mil pessoas aptas para a imunização.

 

 

Prazo de vacinação:

 

Coronavac – média de 28 dias, depois da primeira dose

 

Astrazeneca – Fio Cruz – três meses de intervalo da primeira dose

 

Os imunizados devem ficar atento a carteira de vacinação, onde está marcada a data da segunda dose.

 

O agendamento ocorre nas unidades de saúde. 

 

 

Plano Estadual de Vacinação:

 

Assim que terminar a imunização de idosos (pessoas com 60 anos ou mais) contra a Covid-19, o próximo grupo de acordo com o Plano Estadual de Vacinação será de comorbidade.

 

Pessoas com 18 a 59 anos com uma ou mais das comorbidades pré-determinadas.

 

O Governo do Estado deverá anunciar novas prioridades de grupos mais expostos e com mais riscos de complicação.

 

O que são comorbidades ?

 

São doenças ou condições de saúde que aumentam o risco de condições mais graves. A estimativa em Santa Catarina é de 636.478 mil pessoas.

 

Porém esse número poderá ser maior, pois muitos podem estar fora do cadastro do SUS. Para essas pessoas, será necessário comprovar com atestado médico ou receitas de medicamentos de controle da comorbidade.

 

A Secretaria de Estado da Saúde ainda não tem data para o início da vacinação das pessoas com comorbidades. A chamada depende da chegada de novas doses, e da conclusão da vacinação de idosos e profissionais de saúde.