Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

educação
Secretaria de Pesca e Educação se unem para um bem maior: uma vida mais saudável para as crianças

Publicado em 14/09/2021 às 16:05 - Atualizado em 14/09/2021 às 16:07

A última sexta-feira (10), foi um dia de muito verde, aprendizado e interação com a natureza nas escolas do município. Dois projetos, fomentados em parceria entre a Secretaria de Educação e a Secretaria de Pesca e Agricultura, foram realizados em diferentes escolas e fizeram com que crianças da rede municipal aprendessem sobre plantação e colheita de hortaliças. 

 

Na Escola de Educação Básica Elizabeth Ulyssea Arantes, a turminha do 6º ano deu um show no projeto de plantio de hortaliças, atividade realizada em parceria com o Horto Municipal. A professora de geografia Denise Farias auxiliou os alunos a fazerem a adubação de cobertura com esterco de galinha nos canteiros de plantação de couve-flor e alface, para que as hortaliças fiquem prontas para a colheita. 

 

De acordo com a professora Denise, a ação tem o objetivo de unir diferentes disciplinas."É uma atividade interdisciplinar, trabalhamos com produtos orgânicos, o que é ótimo, pois só faz bem para o organismo e o meio ambiente.” A professora também comenta a boa participação dos estudantes, “os alunos se apaixonam por participar da horta. Tanto que plantaram as mudas de alface e couve enquanto semeavam os rabanetes”, conclui.



 

A outra ação foi no Cei Cisne, começando desde cedo pelas professoras Josiane, Viviane, Silvana, Enilse e Luciani, fazendo a colheita de hortaliças juntamente com os alunos do pré I e II do Centro de Educação Infantil Cisne. As professoras relataram sobre os benefícios que a interação com a natureza faz. Para elas, a participação do pré-escolar no projeto foi muito importante, sendo que a interação com a natureza deveria estar sempre presente durante todo o processo de ensino e aprendizagem da criança. 

 

As mestres ainda agradeceram a parceria para o projeto e a mudança ocasionadas na aprendizagem dos alunos. Elas comentam que muitas crianças acreditam que todo alimento vem direto do mercado, sem o conhecimento de que para comer salada é preciso plantar para colher. 

 

Ainda de acordo com o grupo de professoras do CEI Cisne, é possível perceber uma melhor aceitação por parte de algumas crianças em comer ou até mesmo experimentar verduras e hortaliças na hora do lanche.





Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar